Encontros da Imagem 2013 - Festival Internacional de Fotografia

6.9.13 0 Comments

fotografia de Paulina Valente Pimentel


A edição de 2013 do Festival Internacional dos Encontros da Imagem (EI) de Braga, que decorre de 13 de setembro a 27 de outubro, terá como tema «O amor e a família» e como mote a frase «O amor vai-nos separar», o título de uma música do cantor Joy Division.

Segundo Ângela M. Ferreira, Curadora do Festival - o único de fotografia de autor em Portugal e já com mais de 25 anos de existência- , os Encontros da Imagem apresentam a edição de 2013 inscrita numa abordagem ao Amor e à Familia. A iniciativa alarga-se ao Porto, a Lisboa e ao Brasil, e tem uma extensão de rua com mostras na Avenida da Liberdade e no Largo Carlos Amarante em Braga.

Conta com a participação de 114 autores (34 em exposições divididas por 20 espaços e 80 do concurso «Emergentes/DST). As fotografias artísticas espalham-se por 15 espaços em Braga, um no Porto, três em Lisboa e um em Fortaleza, no Brasil. “Num momento em que a sociedade contemporânea atravessa uma crise de valores, julgou-se pertinente realizar um projeto de reflexão em torno da Família e do Amor, cujo mote nos é dado pela canção do Joy Division “Love will tear us apart””, explica a Curadora, a propósito do tema.

fotografia de Matias Costa
Em sua opinião, “nas duas últimas décadas o paradigma da família tradicional tem sofrido profundas mutações em resultado de vicissitudes económico-sociais diversas”. “O tempo acelerou e as relações humanas tornaram-se mais urgentes. Assim, julgou-se oportuno construir uma narrativa que contribua para uma reflexão consequente em torno das velhas/novas relações interpessoais”, acentua.

O Festival que acolhe em Braga autores de mais de dez países europeus, apresenta um conjunto de atividades que promovem a fotografia contemporânea, quer através do núcleo expositivo, quer ainda com atividades direcionadas para o grande público tais como projeções e exposições de rua e oficinas lúdicas direcionadas à família. Engloba, ainda, o Grande Prémio de Fotografia Emergentes DST, uma iniciativa da empresa Domingos da Silva Teixeira, organizada pelo Festival Encontros da Imagem, e que conta com 80 fotografos, escolhidos entre 400 inscritos. O Prémio, de 7500 euros, visa premiar o melhor portfólio de Fotografia Contemporânea de 2013. É atribuído através da Leitura Crítica de Portfólios que oferece aos fotógrafos a oportunidade de apresentarem o seu trabalho a comissários, galeristas e editores especializados, constituindo um meio preferencial de promoção da sua obra.

O evento tem o patrocínio do pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Braga e da empresa DST- Domingos Silva Teixeira, SGPS e conta com o apoio de várias outras entidades.

Mais informações e programação detalhada

0 comentários: